Caros leitores:

Constantemente faço modificações no Redafácil porque elas sempre são necessárias, inclusive para facilitar o acesso às postagens e a leitura. Suas opiniões e suas sugestões são muito importantes para mim. Vocês podem expô-las nos espaços para comentários abaixo das postagens.

Grato pela sua colaboração.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Evite tentar impor algo ao leitor.


Evite escrever
como se estivesse
conversando com o leitor. 


Talvez lhe pareça uma incoerência o fato de eu estar aconselhando isto. Afinal, em todas as minhas redações neste blog há recomendações dobre o que vocês devem, podem, não devem e não podem fazer numa redação. A diferença é que nestas redações meu objetivo é mesmo lhes dar "dicas". Portant, preciso lhes dizer isto como se estivesse conversando com vocês. O que quero dizer que precisa ser evitado numa redação numa prova como as do Enem (Exame Nacional de Ensino Médio), vestibulares, etc., é o uso de expressões que pareçam imposições ao leitor, tais como "seja isto", "faça aquilo", "não seja isto", etc. Em vez disto exprece-se como estivesse sugerindo: "não se deve...", "sugiro que...", "aconselho a...", etc.
Também devem ser evitados ditados populares, frases bíblicas, frases de personagens da televisão, etc. Isto demonstra falta de criatividade. Por mais que as frases populares, bíblicas, etc., tenham a ver com o que se quer expressar, as próprias palavras do autorl da redação sempre se inserem melhor no contexto. 
No Redafácil há muitos outros conselhos sobre o que se deve ou não se deve fazer numa redação. Para encontrá-los, sugiro que os procurem no "Índice", numa das colunas laterais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!