Caros leitores:

Constantemente faço modificações no Redafácil porque elas sempre são necessárias, inclusive para facilitar o acesso às postagens e a leitura. Suas opiniões e suas sugestões são muito importantes para mim. Vocês podem expô-las nos espaços para comentários abaixo das postagens.

Grato pela sua colaboração.

terça-feira, 17 de maio de 2016

Redações Acadêmicas - parte VI: As Normas da ABTN

São regras
nem sempre obedecidas
e, em alguns casos, 
contraditórias. 


Acredito que este artigo seja o início da parte mais importante da série "Redações Acadêmicas". Por serem trabalhos de cunho científico, as redações acadêmicas precisam estar de acordo com certas regras. No Brasil, são aplicadas as chamadas "normas" da ABTN. Talvez a palavra "normas", que tem o mesmo significado de "lei", não seja adequada para estes casos, mas é assim que elas são chamadas. 
Cada instituição de ensino superior as adota segundo seus próprios critérios, às vezes parcial, às vezes totalmente ou de acordo com cada condição específica. Eis porque eu penso que as "normas" não são normas de fato.
Isto ocorre por muitas razões. Uma delas é que a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABTN) é uma instituição privada cujas normas são documentos particulares que custam muito caro. Por estarem protegidas por leis relacionadas a direitos autorais, não podem ser publicadas sem a necessária autorização. Além disto são conflitantes entre si, talvez principalmente por causa das diferentes datas de atualização. Há, no entanto, algumas regras essenciais para monografias e trabalhos de conclusão de curso (TCCs), as quais serão temas da próxima postagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!