Caros leitores:

Constantemente faço modificações no Redafácil porque elas sempre são necessárias, inclusive para facilitar o acesso às postagens e a leitura. Suas opiniões e suas sugestões são muito importantes para mim. Vocês podem expô-las nos espaços para comentários abaixo das postagens.

Grato pela sua colaboração.

segunda-feira, 22 de junho de 2015

A Comunicabilidade na Redação

Em qualquer prova (Enem, vestibular, etc.),
o objetivo da redação
é avaliar a capacidade de comunicação.

Os objetivos 
das redações nas provas
são para verificar 
o grau de comunicabilidade dos participantes.

Existem vários anúncios de livros, apostilas, cursos preparatórios, etc., prometendo ensinar técnicas de redação para o Enem (Exame Nacional de Ensino Médio), para vestibulares ou concursos públicos. Não acredite nesses anúncios, pois eles existem apenas para fazer as pessoas que participarão dessas provas comprar esses livros, essas apostilas ou ingressar nesses cursos. É claro que, principalmente num concurso público, os temas das redações podem ser - e geralmente são - relacionados aos graus de conhecimento do participante para demonstrar suas capacidades para o cargo desejado. No entanto, as técnicas de redação não são específicas para cada tipo de prova. As formas pelas quais os alunos ou candidatos escrevem são simplesmente para que sua comunicabilidade seja avaliada. 
"Comunicabilidade" é o grau de facilidade ou dificuldade que toda pessoa tem para se comunicar. "Comunicar" não é apenas dar uma informação ou expressar uma ideia: é fazer isto e estar preparado(a) para receber como resposta uma reação ou outra  informação ou ideia. Então, como pode haver comunicabilidade através de uma redação, se a pessoa que escreve não receberá a resposta imediatamente?
A resposta a esta pergunta é mais simples do que talvez possa parecer. Para que a comunicação se concretize, a resposta não precisa ser imediata. A "resposta" do leitor ocorrerá através da forma como ele interpretará o que leu. Nas provas, as notas em redação refletem as formas como os responsáveis pela correção interpretaram o que leram. Ou seja: é pelas notas que eles demonstram o resultado da medição do grau de comunicabilidade de quem redige. Nesse sistema, o que é levado em conta é a forma como a pessoa escreve, respeitando as regras gramaticais e ortográficas para que a mensagem seja entendida corretamente e demonstrando estar bem informado sobre o tema que abordou. 
Para saber como produzir uma boa redação, leia os demais artigos publicados neste blog. Escolha os títulos na coluna no lado direito do monitor (o seu lado esquerdo). Sinta-se à vontade para fazer as perguntas, usando para isto o espaço para comentários abaixo desta postagem. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!