Caros leitores:

Constantemente faço modificações no Redafácil porque elas sempre são necessárias, inclusive para facilitar o acesso às postagens e a leitura. Suas opiniões e suas sugestões são muito importantes para mim. Vocês podem expô-las nos espaços para comentários abaixo das postagens.

Grato pela sua colaboração.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Erros Comuns em Redação que Podem Ser Facilmente Evitados

O hábito de ler muito
ajuda a diminuir bastante
as possibilidades de erro 
em redações.


Isto acontece porque a leitura ainda é o melhor meio que você pode utilizar para aumentar seus conhecimentos, tanto em relação aos temas que poderão ser exigidos para a redação quanto em relação à ortografia e às regras gramaticais. Além disto, a preservação do hábito da leitura permite que você conheça melhor os estilos de texto, podendo observar os que são melhor escritos e atualizados. Para estudantes de ensino médio e para qualquer tipo de leitor, é preciso também conhecer os textos ruins, pois só temos como saber se eles são ruins ou bons se os lermos. A observação de textos mal escritos nos permite observar melhor os erros gramaticais e ortográficos, problemas de estilo (linguagem adequada) e vícios de linguagem. Não é sem razão que são chamados de "vícios": como todo vício, estes também são prejudiciais e devem ser evitados.
Uma dica que lhe dou para você mesmo verificar seu nível de redação é esta: escreva, em casa, uma redação sobre o tema que você quiser. Depois, leia-a você mesmo, colocando-se na condição do leitor, e não do autor. Peça para que seus pais, irmãos, etc.,  a leiam e lhe digam depois o que entenderam. Ou seja, peça para que eles a leiam e a interpretem. Se eles não a interpretarem corretamente, podem estar ocorrendo dois problemas: ou eles tem uma grave deficiência de interpretação de texto (o que infelizmente é também um problema comum no Brasil) ou você precisa melhorar sua redação. Pode ser também que ocorram as duas coisas.
Há alguns erros que são facilmente evitáveis. Por exemplo:
Vi no Uol Redação um título de redação de um participante do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) do ano passado, escrito da seguinte forma: "Quem nunca errou joga a primeira pedra." Na forma como foi escrita pelo aluno, esta frase está informando que uma pessoa que nunca cometeu um erro costuma ter o hábito de sempre jogar a primeira pedra. Obviamente o autor da redação quis se referir à conhecida frase bíblica: "Que aquele que nunca errou atire (ou jogue) a primeira pedra." 
Isto é muito ruim para o aluno, pois já no título da redação demonstra incapacidade de dominar a norma culta da língua escrita, que não é tão difícil assim. Nem foi preciso ler toda a redação para que eu percebesse o quanto ela está ruim. A forma como o título foi escrito já me comprovou isto. Porém, para evitar estes e outros erros mais graves, o aluno só precisa seguir este passo a passo bem simples:
  1. Ter certeza de que compreendeu o tema proposto;
  2. Aplicar conceitos para desenvolver o tema numa redação tanto dissertativa quanto argumentativa; 
  3. Selecionar, organizar, interpretar e relacionar informações, fatos, opiniões e argumentos para justificar seu ponto de vista;
  4. Demonstrar seus conhecimentos linguísticos necessários para elaborar sua argumentação;
  5. Elaborar propostas de solução para o tema proposto respeitando valores éticos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!