Caros leitores:

Constantemente faço modificações no Redafácil porque elas sempre são necessárias, inclusive para facilitar o acesso às postagens e a leitura. Suas opiniões e suas sugestões são muito importantes para mim. Vocês podem expô-las nos espaços para comentários abaixo das postagens.

Grato pela sua colaboração.

sexta-feira, 30 de maio de 2014

"Dicas" para Quem quer Saber Como se Deve Estudar Redação


As "dicas" são para quem vai participar do Enem, 
de concursos públicos, de vestibulares, etc. 

O prazo para as inscrições no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) de 2014 já terminou. Os alunos que farão as provas querem agora saber Especificamente no caso ao qual nos referimos aqui, querem saber como estudar redação. Como os participantes do Enem não são as únicas pessoas que precisam ter um bom desempenho em redações (esta é uma necessidade de todos nós), eis aqui algumas "dicas" para todos.
Em primeiro lugar, devemos lembrar que não se estuda redação como se estuda outras matérias. A melhor maneira de melhorar os níveis de  redação é treinando frequentemente. Ou seja, é fazendo redações. Muitas. Quanto mais, melhor. Para você mesmo verificar como sua redação ficou, é muito simples: após terminá-la, coloque-se no lugar de outra pessoa e leia-a como como se não fosse você que a tivesse escrito. Lendo-a, você terá melhores condições de verificar possíveis erros e corrigi-los, palavras repetidas excessivamente, pontuações inadequadas ou que estão estão corretas mas podem ser melhoradas, etc. Se possível, peça para alguém da família lhe ajudar lendo sua redação. Peça para que essa pessoa lhe aponte trechos que não ficaram claros para ela, para que você possa melhorá-los. 
No caso de concursos públicos, o interessado deve estar atento às exigências que vem nos editais. Nestes casos, a prática da redação exige, algumas vezes, conhecimentos que demonstrem domínio de questões dissertativas, técnico-jurídicas, etc., dependendo do cargo disputado pelo participante. De qualquer forma, seja num concurso público, numa prova do vestibular, no Enem ou em qualquer outra situação, é muito importante incluir o aprendizado de redação ao planejar seus estudos. A redação propriamente dita deve ser, como eu já disse, treinada, mas para melhorá-la deve-se estudar gramática. Isto é necessário porque é preciso escrever corretamente. Existem várias palavras com um mesmo significado, mas isto não quer dizer que você pode escolher a palavra que quiser; significa que você tem que escolher a mais adequada para o contexto.
Estabeleça como próxima etapa a logicidade. Ou seja: o que você escreverá tem que ter lógica, mas você precisa que a sua redação será analisada por outras pessoas, e o que parece lógico para você-pode não ser para elas. Ou seja: você precisa demonstrar clareza quanto à sua linha de raciocínio. Portanto, sua redação precisa ser dissertativa, Nos concursos públicos, como o candidato precisará demonstrar o conhecimento profissional exigido para o cargo oferecido, a redação, além de ser dissertativa, precisará conter informações como se fossem respostas a perguntas subentendidas nas provas prático-profissionais e, no caso de pessoas que  participarão de concursos para bacharel em direito, na produção de peças processuais.
Os participantes de todos os tipos de provas devem ter em mente também que, para dar respostas ou informações que precisam ser dissertativas, deve estar atento aos limites de número de linhas previamente exigido nas provas. Geralmente são no mínimo sete e no máximo 30 linhas, mas isto pode variar segundo cada caso. Isto é importante porque a pontuação que o participante receberá será baseada em sua logicidade e em sua capacidade de desenvolver seu raciocínio dentro do espaço exigido. Isto quer dizer que ele terá que treinar, em casa ou onde preferir, a resolução de uma questão sem ser prolixo e, ao mesmo tempo, sem ser sucinto demais.

Importantíssimo para todos:
 
Reserve um período de estudo - por exemplo, uma hora por dia - para treinar a escrita de redações. Peça a um professor de língua portuguesa que você conheça para corrigir possíveis erros gramaticais. Aproveite essas correções para modificar seus hábitos de escrita. A permanência de hábitos, muito comuns nas pessoas tanto na fala como na escrita, tem sido um principais fatores que contribuem para a perda de pontos em redações nas provas.
Para treinar ainda melhor, lembre-se que é importante que você esteja bem informado sobre o que acontece no mundo. Portanto, assista a quantos telejornais você puder, leia todas as notícias sempre que tiver a oportunidade de ler um jornal, uma revista, etc. Para isto, veja as dicas no artigo 
"Como Treinar para Fazer a Melhor Redação Possível".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!