Caros leitores:

Constantemente faço modificações no Redafácil porque elas sempre são necessárias, inclusive para facilitar o acesso às postagens e a leitura. Suas opiniões e suas sugestões são muito importantes para mim. Vocês podem expô-las nos espaços para comentários abaixo das postagens.

Grato pela sua colaboração.

terça-feira, 18 de abril de 2017

O Estado Laico

O Estado laico
é o contrário
do que muita gente diz. 

Se você quiser usar a expressão "Estado laico" numa redação, deve em primeiro lugar ter cuidado quanto à grafia correta. Neste caso, a palavra "Estado" tem sempre a letra inicial maiúscula por se tratar de um regime governamental, não uma unidade da federação. 
O outro cuidado necessário é quanto ao significado da expressão.  Muita gente tem usado a expressão para se referir a uma forma de governo baseada em princípios estabelecidos por uma determinada religião. Na verdade um Estado laico é o contrário disto.
Muita gente também acha que o Estado laico prega o ateísmo, mas este também é um erro. Um Estado laico ou "Estado secular" é um regime de governo oficialmente imparcial no que se refere a crenças religiosas. Nele, o Estado (governo) não interfere nas opções religiosas. Permite-se a crença em Deus ou em qualquer deus,  como também é respeitado o direito das pessoas não acreditarem em Deus ou qualquer outro deus.
O contrário disto é o Estado teocrático. Neste, sim, o governo estabelece regras baseadas numa determinada religião. Um exemplo de Estado teocrático é um regime em que o governo é exercido com base numa religião oficial. Este é o caso, por exemplo, do Vaticano, uma cidade-Estado cuja religião oficial é o cristianismo católico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!