O site Collegezoom indicou várias postagens do Redafácil a seus visitantes. Veja a lista clicando no link "Site Collegezoom", logo abaixo, à direita da tela (na direção da sua esquerda).
Grato ao Collegezoom por esta honra.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

O Uso da Palavra "Fascista" Numa Redação

Alguns estudantes
usam a palavra "facista"
para se referir
a um representante do governo;
outros,
para se referir
a um opositor.



Isto comprova que muitos estudantes brasileiros (inclusive alunos de cursos superiores) usam essa palavra em suas redações sem saber seu significado correto. Usam-na apenas porque já ouviram falar muito nela ou já a viram muitas vezes em jornais, revistas, etc. Isto também significa que não entenderam as notícias e os textos em que essa palavra estava incluída. Usam a palavra provavelmente para tentar demonstrar que são pessoas bem informadas, mas demonstram que desconhecem seu significado e, com isto, causam aos corretores das redações uma impressão exatamente contrária à que pretendiam. O pior é que muitos deles escrevem "facista" e "facismo" em vez de "fascista" e "fascismo".
Para saber o que significa a palavra "fascista", é preciso saber o que é "fascismo". Em muitos dicionários encontra-se a informação: "fascismo: regime político que destaca os conceitos de nação e raça." Entretanto este conceito tão simplista não é suficiente para que um aluno demonstre numa redação seus conhecimentos a respeito. É preciso recorrer à História e estudar um pouco mais profundamente sobre o fascismo. 
A palavra "fascismo" atualmente é muito usada como se significasse qualquer forma de autoritarismo, seja político ou não. Sob este ponto de vista, o "fascista" é, então, uma pessoa autoritária, podendo ser um líder religioso, um pai, uma mãe, um militar, etc. Porém, numa redação, as palavras "fascismo" e "fascista" até podem ser usadas com esses significados, mas é preciso ter o cuidado de observar o contexto em que elas serão utilizadas. A origem da palavra "fascismo" foi o regime político que ganhou destaque na Europa no início do sécumo XX, especialmente na Itália durante a gestão de Benito Mussolini como primeiro-ministro de 1922 a 1943. Mussolini é considerado um dos fundadores do fascismo como um sistema que incluía o nacionalismo, o corporativismo, o sindicalismo nacional, o expansionismo, o progresso social e o anticomunismo aplicando forte censura contra qualquer coisa considerada contra a propaganda do Estado (governo). 
"Nacionalismo" é um sentimento de valorização de tudo (idioma, bandeira, tradições, etc.) que identifique uma nação. "Sindicalismo nacional" é - ou pelo menos deveria ser - um movimento nacional que congrega associações (sindicatos) criadas para representar trabalhadores assalariados com o objetivo de proteger os interesses desses trabalhadores. "Corporativismo" é um sistema pelo qual o poder legislativo é atribuído a entidades que representam interesses econômicos, industriais ou profissionais, nomeadas por intermédio de associações de classe. "Expansionismo" é uma doutrina que visa ampliar a base territorial de um país, especialmente por meio de ações militares. "Doutrina" é qualquer tipo de ensinamento dado através de imposição de ideias, no qual não se admite uma opinião contrária. "Progresso social" é um suposto progresso que melhora a sociedade, mas sob o ponto de vista dos que tentam nos induzir a pensar desta forma, sendo, portanto, também uma doutrina. "Anticomunismo" é qualquer ação visando o impedimento da implantação do comunismo. "Comunismo" é uma ideologia política, social e econômica que supostamente visa promover o estabelecimento de uma sociedade onde todos tenham condições de qualidade de vida iguais em todos os aspectos, sem distinção de classes sociais. Entretanto, para você produzir uma boa redação, nas basta saber esses conceitos: é preciso ler muito, pesquisar muito, estudar muito cada um deles. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!

Estudar não é apenas se preparar para provas.

"O Enem já está próximo. O que faço a partir de agora?" Frequentemente a estudantes fazendo perguntas como esta. Nos prog...