Caros leitores:

Constantemente faço modificações no Redafácil porque elas sempre são necessárias, inclusive para facilitar o acesso às postagens e a leitura. Suas opiniões e suas sugestões são muito importantes para mim. Vocês podem expô-las nos espaços para comentários abaixo das postagens.

Grato pela sua colaboração.

sábado, 12 de setembro de 2015

As Relações Entre a Interpretação de Textos e a Redação

Inicialmente
é preciso saber
a diferença entre
"interpretar" e "compreender".

O raciocínio lógico é de que se uma pessoa tem dificuldades em interpretação de textos, certamente tem dificuldades para produzir uma boa redação. Não há provas de que seja sempre assim, mas é ideia que parece ter uma certa coerência: se a pessoa tem dificuldade em acompanhar o raciocínio do autor texto durante a leitura, é bem provável que tenha muita dificuldade para desenvolver com clareza suas próprias ideias em seus próprios textos. Eis por que as questões de interpretação de texto e as redações são igualmente importantes numa prova, seja a do Enem, a de um concurso público ou a de um vestibular.
"Compreender" é ter a capacidade de identificar facilmente o significado de algo. "Interpretar" é estabelecer uma relação entre o texto lido e a capacidade de compreensão. A interpretação também é um conjunto de processos mentais ocorre enquanto a pessoa lê, e por isto é confundida com a compreensão, mas é a interpretação correta que leva à verdadeira compreensão do sentido e do significado do está escrito. A interpretação textual - ou "interpretação de texto" - é algo que depende muito do próprio leitor para atribuir sentido ao texto. Eis aí grande parte da importância das respostas às questões de interpretação de texto numa prova: elas revelam aspectos importantes do leitor, como seu grau de conhecimento da linguagem e sua capacidade de compreender o que lê e o que ouve. O estudo relacionado a isto é a hermenêutica, que engloba não somente o grau de interpretação de textos, mas também todos os tipos de processos interpretativos.
O fato é que, se os alunos revelam dificuldade de interpretação de textos, eles revelam também - pelo menos em muitos casos - dificuldade em redigir. Um dos principais objetivos das redações nas provas é fazer com que os alunos demonstrem quão bem informados eles são. Se uma pessoa não interpretou corretamente o que leu, também não o compreendeu. Desta forma, processou uma informação equivocada e esta será a que ele transmitirá através da redação. Não é sem rezão que muitos dos estudantes que fracassam em redações no Exame Nacional de Ensino Médio também revelam fracassos nas interpretações textuais.
A interpretação ocorre basicamente em duas etapas: a explicação dada pelo autor no texto e a compreensão do leitor. A explicação mostra caminhos que o leitor deve seguir para encontrar as peças (a sequência de ideias do autor) que o levarão ao resultado final. Ou seja: à compreensão. Ao ler um texto quando está estudando qualquer disciplina, o estudante deve também aproveitar a oportunidade de observar como o autor conduz sua interpretação, pois pode ser uma lição para quando ele tiver que fazer uma redação numa prova: seu texto terá que induzir as pessoas que o corrigirão para que elas o interpretem - e, portanto, o compreendam - corretamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!