O site Collegezoom indicou várias postagens do Redafácil a seus visitantes. Veja a lista clicando no link "Site Collegezoom", logo abaixo, à direita da tela (na direção da sua esquerda).
Grato ao Collegezoom por esta honra.

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Qual é a diferença entre "redigir" e "escrever"?

Não saber redigir
é não saber escrever.


Saber escrever é saber redigir, embora haja pessoas que afirmam que "redigir" e "escrever" não são a mesma coisa. Dizem que "redigir" é compor uma obra, um texto com vários parágrafos, e estão corretos  quanto a isto. Tentam justificar a diferença dizendo que "escrever" é algo mais simples, dando como exemplo o fato de uma pessoa saber escrever algumas palavras ou seu próprio nome. Porém, parecem que, ao escrever seu nome ou qualquer palavra, a pessoa coloca em ordem correta as letras que a formam. Ou seja, faz uma composição das letras. O ato de compor as letras é a forma de se dar sentido à palavra escrita. 
"Redigir" é fazer com que o mesmo processo de composição vá além das palavras e frases. É compor as letras formando as palavras, compondo as palavras em ordem para formar frases, as frases em ordem para formar parágrafos e, finalmente, compor os parágrafos de forma a dar sentido a todo o texto. Portanto, "redigir" é "escrever", e não saber redigir é não saber escrever. É por isto que o autor de livros é chamado de "escritor": ele escreve a redação do livro. Ou seja: ele redige. Nos melhores dicionários, você sempre encontrará como sinônimas de "escrever" as palavras "grafar", "ortografar" e "redigir".
Um dos conceitos mais conhecidos sobre redação diz que "redigir é expressar-se por escrito." Isto é o mesmo que dizer que "redigir é escrever". Na verdade, o que se chama de "redação" é algo referente à qualidade da escrita. Isto se evidencia quando dizemos que um texto está bem ou mal redigido. É o mesmo que dizer "bem ou mal escrito". A redação é simplesmente um processo usado para   escrever um texto. Os diferentes tipos de redação que foram sendo estabelecidos ao longo do tempo é que se diferem entre si como formas mais adequadas para compor documentos como requerimentos, memorandos, cartas (comerciais ou não), ofícios e redações como as exigidas nas provas escolares, em concursos públicos, etc.
Em resumo, podemos dizer que a única diferença entre "redigir" e "escrever" é que o ato de redigir significa apenas em fazer com que o ato de escrever seja realizado com o foque sobre o objetivo da redação: fazer com que todo o conjunto de informações contidas nela seja organizado e ordenado de forma que elas resultem num mesmo contexto comum. Ou seja, de forma que todas as informações levem o leitor ao entendimento da ideia principal. Em outros artigos deste blogue, você entenderá melhor sobre os diferentes tipos de redação. Eu recomendo que comece por este artigo: 
"Os Tipos de Redação"

Foto: Arquivo Google.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!

Estudar não é apenas se preparar para provas.

"O Enem já está próximo. O que faço a partir de agora?" Frequentemente a estudantes fazendo perguntas como esta. Nos prog...