Caros leitores:

Constantemente faço modificações no Redafácil porque elas sempre são necessárias, inclusive para facilitar o acesso às postagens e a leitura. Suas opiniões e suas sugestões são muito importantes para mim. Vocês podem expô-las nos espaços para comentários abaixo das postagens.

Grato pela sua colaboração.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

As Várias Funções da Partícula "Se"

A palavra ou partícula "se"
tem funções diferentes para cada contexto em que ela é utilizada.




Saber quais são essas funções e os contextos certos aos quais elas se aplicam é fundamental para evitar perda de pontos numa redação e em questões sobre interpretação de textos durante uma prova. No entanto, é muito fácil identificar essas funções. Observe  as funções da partícula "se" na ilustração e as seguintes explicações:

1 - Pronome reflexivo:
Quando indica o sujeito executando uma ação em relação a si mesmo. 
Exemplos:
  • Ele se manifestou
  • Eles se entreolharam.
  • Ela se sentiu mal.
  • Você se referiu.
2 - Partícula integrante do verbo:
Quando a partícula está relacionada a verbos pronominais.
Exemplos:
  • Queixou-se quanto aos problemas.
  • Foram-se todas as pessoas. 
  • Estima-se que a população tenha aumentado em mais de 50%.
Nunca se deve dizer "Ela vive queixando-se" ou "A água está esvaindo-se". A partícula deve vir sempre antes do verbo quando este estiver no final da frase ou da oração. É fácil lembrar isto: basta lembrar que o sujeito da oração atrai a partícula.

3 - Partícula apassivadora:
Quando se liga a verbos transitivos diretos para apassivá-los. 
Exemplos:
  • Vendem-se casas.
  • Proponha-se que eles viessem.
  • Fazem-se lindos tapetes em Ipatinga.

4 - Partícula expletiva:
Quando a partícula é associada a verbos sem desempenhar funções  sintáticas.
Exemplos:
  • Ele acabou de sentar-se.
  • Eles preferiram abster-se.
5 - Conjunção integrante:
Quando é uma conjunção que introduz orações subordinadas substantivas.
Exemplos:
  • Ele me perguntou se eu gostei do livro.
  • É preciso definir se a prova será oral ou escrita.
  • Foi como se a chuva nunca mais fosse parar.
6 - Conjunção subordinativa condicional:
Quando introduz orações subordinadas adverbiais condicionais.
Exemplos:
  • Eu irei se você não se importar.
  • Ela deixará um recado se você não estiver e casa.
  • Se não chover à noite, talvez eu vá ao cinema.
7 - Sujeito acusativo:
Quando a partícula "se" assume as funções de objeto direto em relação a um verbo e sujeito em relação a outro ao mesmo tempo.
Exemplo: 
  • Elas deixaram-se levar por seus desejos.
  • Eles fizeram-se presentes ao evento.
8 - Índice de indeterminação do sujeito.
Quando indica um sujeito indeterminado.
Exemplos:
  • Vendem-se casas.
  • Precisa-se de especialistas em informática.
  • Fala-se muito sobre violência urbana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!