Caros leitores:

Constantemente faço modificações no Redafácil porque elas sempre são necessárias, inclusive para facilitar o acesso às postagens e a leitura. Suas opiniões e suas sugestões são muito importantes para mim. Vocês podem expô-las nos espaços para comentários abaixo das postagens.

Grato pela sua colaboração.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Sinéreses e Diéreses

Encontramos alguns exemplos de sinérese
em palavras como 
"coelho", "quieto", "reunião", etc.,
e de diérese 
em "saudade", "vaidade", etc. 

A sinérese e a diérese constituem uma relatividade entre os hiatos e os ditongos. O hiato é o encontro entre duas letras vogais estando cada uma numa sílaba diferente. Exemplos: "caatinga" (ca-atinga), "meteoro" (mete-oro), "soar" (so-ar), etc. As vogais dos hiatos dese tipo integram o grupo dos chamados disjuntos porque, mesmo estando em sílabas distintas, unem-se espontaneamente formando um ditongo, que é a formação de dois fonemas vocálicos como se estivessem na mesma sílaba. Para facilitar a fixação deste conceito na memória, basta lembrar como exemplo a própria palavra "hiato" (hi-ato). 
Quando ocorre o contrário, o ditongo se evidencia com o encontro entre vogais na mesma sílaba tanto na escrita como na pronúncia. Ocorre então uma diérese. Exemplos disto são verificados em palavras como "saudade" (sau-dade), "vaidade" (vai-dade), etc. Os encontros vocálicos finais iniciados por sílabas átonas altas ou médias trazem como efeitos, na pronúncia espontânea, ditongos crescentes, mas também podem ser pronunciados como se fosse hiatos. Exemplos: "ciência" (ci-ência), "água" (águ-a), "Nívea" (Níve-a), etc. 
Os encontros "ia", "ie", "ua", "ue" e "uo", nos finais das palavras, átonos e seguidos ou não de "s", podem ser considerados ditongos ou hiatos. É o caso de "história" (históri-a ou histó-ria), "vácuo" (vácu-o ou vá-cuo), "histórias" ("históri-as" ou "histó-rias"). É esta dupla possibilidade que gera dúvidas entre os estudantes quanto ao número de sílabas de palavras e a condição destas como paroxítonas ou proparoxítonas, pois na pronúncia elas soam como paroxítonas. Quanto às palavras com acento gráfico, podemos incluí-las entre as paroxítonas terminadas em ditongo (exemplos: "água", "jóquei", "série", "intempérie", "vácuo", etc.  

Um comentário:

Obrigado pela sua participação!