O site Collegezoom indicou várias postagens do Redafácil a seus visitantes. Veja a lista clicando no link "Site Collegezoom", logo abaixo, à direita da tela (na direção da sua esquerda).
Grato ao Collegezoom por esta honra.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

A Semântica Linguística

Para produzir uma boa redação,
você não precisa conhecer semântica profundamente,
mas precisa ter noções de semântica linguística.

Para escrever uma redação de bom nível, é preciso em primeiro lugar definir o objetivo da redação, a categoria do leitor ou de leitores à qual ela será dirigida e, obviamente, o tema ou assunto principal. É por isto que a língua portuguesa, como muitas outras, tem várias palavras com mesmo significado e, em vários casos, diversos significados para uma mesma palavra (veja "Linguagem Figurada" ou "Sentido Figurado", neste blogue). O objetivo disto é permitir a diversificação do uso de palavras num mesmo texto, evitando a repetição excessivo da mesma palavra. 
Isto não quer dizer, no entanto, que se pode escolher qualquer palavra para substituir outra de significado idêntico. É necessário escolher as palavras mais adequadas para a finalidade da redação e a categoria de leitores a que ela será destinada. Deve-se ter o cuidado de não usar palavras excessivamente formais nem excessivamente informais. Por isto é preciso que se tenha algumas noções de semântica linguística. 
"Semântica" provém de "sëmantikós", uma derivação de outra apalavra grega, "sema", que significa "sinal". Portanto, a semântica linguística é o estudo dos sinais das linguagens, expressos por escrito ou por meio da fala. Atualmente utiliza-se semântica linguística em linguagens de programação de computadores, lógica formal e semiótica. 
Na programação de computadores, a semântica ajuda a elaborar métodos padronizados para o envio de instruções a um computador. Esses métodos, por sua vez, ajudam a especificar da melhor forma possível os dados sobre os quais o computador deverá atuar. 
A lógica é um ramo da filosofia pelo qual é estudado o raciocínio válido. Portanto a lógica formal é um método de avaliação do sentido do raciocínio através de argumentações. Em linguística, é a análise argumentativa dos significados das palavras, termos e expressões. 
A semiótica é a combinação de estudos dos signos e da semiose. Os signos são símbolos que representam os significados propriamente ditos das palavras ou expressões, ou aqueles que queremos dar a elas, mas que são diferentes dos significados originais (ver "Linguagem Figurada" e "Sentido Figurado"). Em resumo: a semiótica, em linguística, é o processo pelo qual os símbolos são concebidos.
através da linguagem.
Não confunda "semântica" com "sintaxe". A semântica se refere aos significados das palavras, dos termos e das expressões. A sintaxe é o estudo das estruturas das palavras e dos significados que queremos que elas tenham através da forma como as incluímos no contexto da redação. 

Fontes: 
  • Dicionário Aurélio Buarque de Holanda
  • Novo Manual de Língua Portuguesa, de Celso Pedro Luft

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!

Estudar não é apenas se preparar para provas.

"O Enem já está próximo. O que faço a partir de agora?" Frequentemente a estudantes fazendo perguntas como esta. Nos prog...