O site Collegezoom indicou várias postagens do Redafácil a seus visitantes. Veja a lista clicando no link "Site Collegezoom", logo abaixo, à direita da tela (na direção da sua esquerda).
Grato ao Collegezoom por esta honra.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

3 - A sintaxe das frases




A sintaxe de concordância se refere às flexões dos verbos e dos adjetivos em concordância com os substantivos. Numa concordância nominal, estabelecem-se as relações entre substantivos ou pronomes e adjetivos. Exemplos: "As violetas" (o artigo concorda com o artigo a que se refere em gênero e número), "Vinte e quatro horas", "Aqueles senhores".
A concordância verbal é a relação entre o verbo e o sujeito, sendo que o sujeito pode estar expresso em forma de pronome ou substantivo. Exemplos: 
"Adalberto estava atrasado." - o sujeito "Adalberto" corresponde ao pronome "ele"
"Ele e você acreditaram nessa história."  - o sujeito "Ele e você" corresponde ao pronome "vocês".
"Estava à venda a casa em que os Morais residiam." - o sujeito é, neste caso, um substantivo: "A casa em que os Morais residiam". O verbo principal, "estar". (*)
A concordância nem sempre é lógica. Ela pode ser também afetiva ou ideológica. É o caso, por exemplo, da frase abaixo:
"A gente estava apenas  conversando." ("A gente" significa, neste caso, "nós"). Essa situação é diferente de "Aquela gente falava sobre você." - "Aquela gente" significa "aquelas pessoas". Essas duas situações diferem de "Essa gente fala demais." - onde "essa gente" significa "uma determinada categoria de pessoas".


Em certas situações, a concordância tem apenas um sentido afetivo ou ideológico. É o caso, por exemplo, de:


"A gente estava tranquilo." - O substantivo é usado na forma masculina se o sujeito ("A gente" = "Nós") - for um grupo de homens, ou quando houver pelo menos um homem no grupo.


Embora seja aceitável num texto informal, a expressão "a gente" deve ser evitada numa redação formal. Numa situação diferente, pode-se dizer:
"Toda a gente estava tranquila." - Neste caso, "toda a gente" significa "todo o povo", "toda a população", "a família inteira", etc. 


(*) Em casos como este, caso haja dúvida quanto ao sujeito, basta lembrar que a frase poderia ser escrita assim:
"A casa em que os Morais residiam estava à venda."


A seguir: "Como evitar repetições excessivas de palavras"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!

Estudar não é apenas se preparar para provas.

"O Enem já está próximo. O que faço a partir de agora?" Frequentemente a estudantes fazendo perguntas como esta. Nos prog...