O site Collegezoom indicou várias postagens do Redafácil a seus visitantes. Veja a lista clicando no link "Site Collegezoom", logo abaixo, à direita da tela (na direção da sua esquerda).
Grato ao Collegezoom por esta honra.

segunda-feira, 25 de março de 2013

Alunos usam espaço para redação no Enem para criticar o próprio Enem



O quadro acima (fonte: universia.com.br) 

revela as seis principais razões

que fazem os participantes do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem)

obterem nota zero nas redações.
Porém, outras atitudes dos próprios alunos

trazem maios problemas para eles mesmos. 






No Enem do ano passado, muitos alunos usaram os espaços da redação para criticar o sistema de correção de redações do próprio Enem. Apesar do direito à liberdade de expressão ter que ser respeitado, utilizar o espaço para redação como forma de usar essa liberdade é um erro que o aluno comete contra si mesmo, por uma razão muito simples: ele comete o equívoco citado como "razão 2" no quadro acima, "fugindo" ao tema ou aos temas sugeridos na prova. 
Há também redações feitas em tom de deboche. Este é um outro erro que o aluno comete contra si mesmo. As razões são as mesmas citadas acima: ele foge ao tema sugerido e deixa transparecer seu desconhecimento sobre o mesmo. Alunos que praticam tais atos devem ter em mente que isto poderá ter profundos reflexos negativos em sua futura vida profissional, embora ele talvez não consiga visualizar essa realidade. 
Sabemos que o nível de aprendizagem do Brasil é um dos mais baixos do mundo. O PISA (Programa Internacional de Pesquisa de Aprendizagem) revela isto todos os anos. Porém, acho que muito mais do que expor a fragilidade do sistema de correção, redações desse tipo evidenciam duas possibilidades, e ambas são muito ruins para o próprio aluno.
1 - É bem provável que ele esteja utilizando esse recurso para disfarçar a realidade: ele não sabe produzir uma boa redação ou está desinformado sobre o tema sugerido. 
2 - O aluno pode até saber produzir uma boa redação, mas ao fazer esse tipo de "deboche", joga fora a excelente oportunidade de demonstrar o que sabe. 
Embora eu tenha exposto aqui apenas suposições, há uma realidade inegável e muito evidente: qualquer que seja a situação, quando o aluno tem esse tipo de comportamento, ele é o único que perde boas oportunidades. O motivo é bastante claro: se já existe dificuldade de contratação de corretores de qualidade, atitudes como esta dificultam a correção. Resultado final: o efeito negativo se volta contra o próprio aluno. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!

Estudar não é apenas se preparar para provas.

"O Enem já está próximo. O que faço a partir de agora?" Frequentemente a estudantes fazendo perguntas como esta. Nos prog...