O site Collegezoom indicou várias postagens do Redafácil a seus visitantes. Veja a lista clicando no link "Site Collegezoom", logo abaixo, à direita da tela (na direção da sua esquerda).
Grato ao Collegezoom por esta honra.

segunda-feira, 18 de março de 2013

Dicionários - você tem certeza de que sabe usá-los?

Um dicionário não é apenas
um livro para você encontrar
os significados das palavras. 
Há palavras que com vários significados, e por isto o dicionário tem a função de ajudar você a verificar se a palavra que você procura
está de acordo com a forma como você quer ou tem que empregá-la. 







Um dicionário não é apenas um livro com um punhado de palavras e seus respectivos significados. Para uma obra ser classificada justamente como "dicionário", ela precisa conter as palavras classificadas em harmonia com objetivos e finalidades didáticos que atendam a todos os níveis e todas as áreas de conhecimentos gerais ou específicos. 
É impossível publicar um dicionário que atenda a todas as necessidades das pessoas. No entanto, existem os que atendem às necessidades específicas das pessoas que desejam adquiri-los. Para isto, o interessado deve adquirir um dicionário que contenha um prólogo (em algumas edições, definido como "apresentação", "prefácio" ou "preliminar") com as finalidades descritas. Os dicionários de termos gerais quase sempre se limitam a apresentar os significados ou as definições das palavras, mas os especializados (de psicologia, informática, medicina, etc.) traz um enfoque linguístico de cada palavra, direcionado à disciplina que interessa ao usuário. Portanto, os dicionários especializados são os mais adequados para profissionais e para estudantes de cursos profissionalizantes (de segundo grau ou de nível superior). 
Seja um dicionário para áreas específicas ou não, é muito importante observar se ele contém um apêndice com uma relação de abreviaturas e sinais de pontuação. Há edições que não contêm essas informações, mas elas ajudam muito para que o interessado utilizem o dicionário de maneira mais fácil e com melhor aproveitamento. Isto porque os dicionários não existem apenas para mostrar sinônimos e significados das palavras, mas para apresentar a ortografia correta, a origem de cada palavra e identificar a origem gramatical em que ela se insere (substantivo, verbo, etc.).
Para estudantes de ensino médio não profissionalizante, o mais recomendável é um dicionário escolar simples. Porém, um bom dicionário escolar simples é aquele que contém no mínimo 25 mil palavras (ou "verbetes") com seus respectivos significados, suas respectivas definições e suas respectivas variáveis (por exemplo: "acelerar" - variáveis: "aceleração", "acelerador", "desaceleração", etc.). 

Aos que pretendem aprender um idioma estrangeiro, não recomendo nenhum curso pela internet. Só é possível de fato aprender um idioma através de aulas presenciais em instituições especializadas. Porém, além do material didático sugerido ou oferecido pela instituição, o interessado deve adquirir um bom dicionário bilíngue (por exemplo "Português-Inglês/Inglês-Português") e um dicionário específico do idioma que pretende aprender (por exemplo, um "English Language Dictionary" ("Dicionário da Língua Inglesa"). Em ambos os casos, devem ser seguidas as "dicas" relacionadas para os demais casos citados no texto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!

Estudar não é apenas se preparar para provas.

"O Enem já está próximo. O que faço a partir de agora?" Frequentemente a estudantes fazendo perguntas como esta. Nos prog...